O Bom Pastor:

Formação do Clero da Arquidiocese de Braga

14.2.07

Os namorados deveriam ser património municipal

(Gustav Klimt, o beijo)

Viver cada dia como se fosse o primeiro. Olhar as coisas familiares pela primeira vez. Reaprender cada rosto dos que estão próximos. Dizer as palavras que sempre dizemos mas como se primeiro as ouvíssemos. Perceber que a existência, dom de Deus, é mais feita de novidade que de repetição.

Mário Rui de Oliveira

2 Comments:

  • Que o namoro é coisa preciosa, até compreendo; agora "património municipal", porquê?

    By Anonymous Anónimo, at 6:11 da tarde  

  • Deus nos livre do municipal!

    By Anonymous Anónimo, at 7:22 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home