O Bom Pastor:

Formação do Clero da Arquidiocese de Braga

26.1.07

«A Palavra para viver»: Bruno Forte (8)

(Moisés)

8. A Palavra, fonte de amor

As palavras do Deus Amor tornam-nos capaz de amar. É o amor o fruto que nasce da escuta verdadeira da Palavra: «Sede daqueles —adverte S. Tiago— que põem em prática a Palavra e não somente ouvintes, iludindo-vos a vós mesmos» (1, 22). Quem se deixa iluminar pela Palavra, sabe que o sentido da vida consiste não no fechar-se sobre si mesmo, mas naquele êxodo de si sem regresso, que é o amor. A escuta da Sagrada Escritura faz-te sentir amado e te faz capaz de amar: se te entregares sem reservas ao Deus que te fala, será Ele a doar-te aos outros, enriquecendo-te com todas as capacidades necessárias para te colocares ao seu serviço. Eis porque Bento XVI convida especialmente os jovens, colocados diante da vida, «a adquirir intimidade com a Bíblia, a tê-la à mão, para que seja como uma bússola que indica a estradaa seguir» (Mensagem para o Dia Mundial da Juventude de 2006). A palavra é guia segura porque —entre os muitos rumores do mundo— conduz-nos a empenharmo-nos pelos outros sob os passos de Jesus, a reconhecer neles a Sua voz que chama. As obras «sinais» da Caritas presente na nossa Igreja (os centros de escuta, as casas de acolhimento, as cantinas, etc), as diversas actividades de voluntariado, os desafios da justiça, da paz e da protecção do ambiente, as pessoas que todos os dias batem à porta do teu coração, esperam-te para perceber se a Palavra que escutas ti mudou verdadeiramente o coração. Se fizeres estas coisas, poderás sentir como dirigido a ti aquilo que diz o Senhor: «Todas as vezes que fizestes estas coisas a um só destes meu irmãos mais pequenos, foi a mim que o fizestes» (Mt 25, 37-40).

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home