O Bom Pastor:

Formação do Clero da Arquidiocese de Braga

27.6.06

Cirilo de Alexandria e a maternidade divina de Maria


(Robert Hupka, Pietà)

Cirilo de Alexandria morreu no ano 444. Foi Bispo de Alexandria durante 32 anos e presidiu ao Concílio de Éfeso, onde defendeu energicamente a maternidade divina de Maria, contra os nestorianos.



Milhares de olhares contemplam, diariamente, a Pietà de Miguel Ângelo. Barulhentos, vorazes, os turistas passam, apenas curiosos. Poucos são os que têm coragem de parar, sem máquina fotográfica, ousando o silêncio de um encontro com Jesus e sua mãe. Na luminosidade do mármore quase podemos tocar o mistério desse corpo, livre e ferido, no regaço maternal. Mas impressiona também a atitude de Maria. Ela parece conversar, soberana, com seu filho, como aquelas mães que não deixam de cantar depois de os filhos adormecerem.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home