O Bom Pastor:

Formação do Clero da Arquidiocese de Braga

8.5.07

A propósito do Congresso Trinitário


“A Trindade é um mistério salvífico. Caso contrário, não nos teria sido revelado. Mas, se assim é, temos também de compreender claramente porque o é”.
(Karl Rahner)
"Isso exige uma nova e mais aprofundada leitura da frase «Deus é amor». Se ela é válida, de tal modo que Deus permaneça ao mesmo tempo amor e Deus, então Ele não pode amar apenas a Criação. Deus tem que ser pensado como Único – e, precisamente por isso, como um «Com» intradivino e interpessoal. Só assim se salvaguarda, não apenas a liberdade da Criação e o carácter pessoal dos humanos, mas, antes de tudo, a própria divindade de Deus”.
(Jörg Splett)

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home