O Bom Pastor:

Formação do Clero da Arquidiocese de Braga

29.6.06

Thoughts in Solitude



Senhor, meu Deus, não imagino sequer para onde vou,
não vejo o caminho que se abre à minha frente.
Não posso saber com certeza onde terminará.
Tão-pouco me conheço realmente a mim mesmo,
e o facto de pensar que estou a cumprir a tua vontade
não signifca que estou a cumpri-la realmente.
Creio, porém, que o desejo de te agradar
te agrada mesmo.
Espero manter esse desejo em tudo o que fizer
e nunca fazer coisa alguma que se afaste deste desejo.
Sei que, assim procedendo,
me conduzirás pelo caminho recto,
mesmo quando acontecer que o não saiba.
Por isso confiarei sempre em Ti,
mesmo que pareça andar perdido
entre sombras de morte.
Nada temerei, pois comigo estarás sempre
e jamais me abandonarás diante do perigo.

(Thomas Merton)

1 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home